Home / DESTAQUE / Esposa de dono de bar é usada como ‘escudo’ por cliente e morre após ataque a tiros em Jequié

Esposa de dono de bar é usada como ‘escudo’ por cliente e morre após ataque a tiros em Jequié

De acordo com a polícia, o alvo dos criminosos era o jovem de 18 anos

 

Uma mulher de 49 anos morreu após ser usada como “escudo humano” por um jovem de 18 anos, que bebia no bar do marido dela, na noite desta terça-feira (23), na cidade de Jequié, no norte do Estado. O rapaz também foi atingido e morreu.

De acordo com o delegado Moabe Macedo, titular da cidade, os criminosos tinha como alvo Jeferson Silva de Oliveira. A mulher, identificada como Cleonice Borges de Brito, estava dentro da casa onde morava, que é ligada ao estabelecimento, quando foi surpreendida por Jeferson, durante o ataque. “Ele estava bebendo no bar, quando dois homens chegaram. Ele, então, correu para dentro da casa e agarrou ela para se proteger dos tiros. O marido dela estava na hora, e se jogou no chão”, relatou o delegado.

Segundo a polícia, após praticarem o crime, os dois homens fugiram. As duas vítimas foram socorridas para o Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. O marido de Cleonice não teve ferimentos. Os criminosos já foram identificados e são procurados pela polícia, porém, as identidades não foram reveladas para não atrapalhar as investigações.

Veja Também

Vídeo: ato de rodoviários gera confusão em garagem de amarelinhos

Permissionários dos micro-ônibus amarelinhos e funcionários das cooperativas se desentenderam com integrantes do Sindicato dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *